Notícias

Mazda celebra 10 anos da linguagem de estilo “Kodo Design”

Ikuo Maeda foi o responsável pelo nascimento da linguagem de estilo Kodo Design da Mazda. Que cumpre agora uma dezena de anos.

Foi em 2010 que o designer japonês apresentou “A alma do movimento”. Dizia ele que era a tradução da beleza do movimento inerente a um objeto estático.

O Salão Automóvel de Los Angeles foi o palco para esta revelação, através do protótipo Shinari. A linguagem Kodo tem vindo a definir o estilo da Mazda.

Uma década depois, integrando já uma etapa de evolução, o Kodo Design continua a conquistar prémios, incluindo o “World Car Design of the Year” entregue ao Mazda3 em 2020.

Toda a gama da Mazda está esculpida pela linguagem “Kodo Design”, desde a reinterpretação do MX-5, até ao MX-30, o primeiro veículo 100 por cento elétrico da Mazda.

No entanto, a ideia essencial por detrás do “Kodo Design” permaneceu inalterada: explorar a beleza poderosa e irresistível do movimento natural de um objeto estático.

A palavra “Kodo” traduz-se, literalmente, por “batimento cardíaco, mas com o significado adicional de dar vida a algo, de lhe dar uma alma.

Os primeiros desenhos foram inspirados pela imagem de uma chita prestes a atacar a sua presa. Enquanto isso, as mais recentes iterações concentram-se, cada vez mais, na evocação de um design poderoso e emocional. Com o recurso ao menor número possível de elementos.

Um ponto de viragem para esta segunda fase do “Kodo Design” foi alcançado através de dois protótipos espetaculares: o RX-Vision e o Vision Coupé. Após uma década de sucesso sustentado, o Kodo Design continua a definir o futuro da Mazda.

Categories: Notícias

Tagged as: , , , ,