Home

Renault e sindicatos acertam corte de 2500 postos de trabalho

Sindicatos e a administração da Renault acordaram a supressão de 2500 postos de trabalho em França, através de rescisões amigáveis.

Os postos de trabalho a ser suprimidos estão na área da engenharia e similares. Todos serão por reforma ou acordo mútuo, com a Renault a tentar eliminar mais 2100 lugares ao nível da administração, gestão e escritórios. Algo que será negociado nos próximos meses.

Tudo isto está integrado no plano de recuperação e corte de custos que a Renault apresentou esta primavera, no valor de 2 mil milhões de euros e que tinha previsto a eliminação de 14,600 postos de trabalho a nível mundial e a redução da produção em um quinto.

Recordamos que a Renault registou um prejuízo recorde de 7,3 mil milhões de euros no primeiro semestre de 2020, tendo de recorrer a uma ajuda estatal de 3 mil milhões de euros para assegurar a liquidez.

Uma das moedas de troca destes acordos reside na contratação de 250 empregados a termo incerto para o quadro da empresa, além de formação para todos os trabalhadores que aceitarem a saída, sem perda de salário.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , ,