Desporto

GCK Motorsport vai revelar carros elétricos e a hidrogénio para o Dakar

O GCK e-Blast 1 vai ser revelado no majestoso palco do Dakar 2021, enquanto a versão a hidrogénio competirá em 2024.

Este é o primeiro episódio de um programa de quatro anos que colocará em ação o primeiro protótipo de competição fora de estrada alimentado a hidrogénio. Será em 2024 que tal sucederá.

Mas a GCK vai apresentar, também, o e-Blast 1, modelo elétrico que não vai competir no Dakar 2021, mas será desvendado em Neom, na Arábia Saudita. Depois, sim, durante 2021, participara em diversas provas de todo o terreno que ainda não são conhecidas.

O GCK e-Blast 1 tem como motorização um motor elétrico com uma bateria de 150 kW. São 1000 Nm de binário e 340 CV, instalados no chassis do carro que Carlos Sainz levou á vitória no Dakar 2018, na época um Peugeot.

A GC Kompetition foi uma equipa formada por Guerlain Chicherit passou a chamar-se GCK Motorsport, estando agora englobada num grupo muito maior, a GCK (Green Corp Konnection) uma empresa virada para a mobilidade sustentável.

A GCK Motorsport juntamente com a GCK Technology e a GCK Energy pretende que o carro alimentado a hidrogénio possa ser comercializado para equipas privadas que tenham a “mesma visão de mobilidade sustentável”.

Eric Boudot, o CEO da Green Cop Konnection (GCK) referiu que “estamos muito entusiasmados com o GCK e.-Blast 1, o primeiro passo naquilo que acreditamos ser o futuro das provas de longa distância e, naturalmente, o futuro das provas de todo o terreno. O nosso objetivo é criar um carro de competição todo o terreno amigo do ambiente, alimentado por energia verde, que seja capaz de cumprir longas distâncias.”

This slideshow requires JavaScript.