Desporto

Volkswagen acaba com a VW Motorsport e cancela todas as ligações com o desporto

O objetivo é focar a empresa na perseguição do sucesso na mobilidade elétrica.

Assim sendo, a Volkswagen Motorsport desaparece, sendo absorvida pela casa mãe, sendo que os 169 colaboradores vão ser integrados nas operações da marca em Wolfsburg, ao longo dos próximos meses.

Isto quer dizer que o espetacular projeto ID R acabou! E acabaram todas as operações ligada à competição apesar da marca ter anunciado o ano passado que a VW Motorsport iria concentrar-se em projetos de competição com mobilidade elétrica.

O responsável pelo desenvolvimento, Frank Welsch, sustenta que “a marca VW está a caminho de se tornar no construtor líder na oferta de uma mobilidade elétrica sustentável. Para isso, estamos a reunir os nossos recursos e decidimos acabar com a presença da marca Volkswagen na competição automóvel.”

Aquele responsável refere, ainda, que “a profunda capacidade tecnológica dos colaboradores da VW Motorsport e o conhecimento adquirido com o ID R, permanecerão na empresa e vão ajudar-nos a desenvolver projetos cada vez mais sustentáveis para a família de produtos ID que vamos colocar no mercado.”

Quer isto dizer que os programas de competição cliente envolvendo o Polo GTI R5 e o Golf GTI TCR vão terminar no final do ano. A produção do Polo GTI R5 também acabará no final de dezembro, comprometendo-se a VW a assegurar o fornecimento de longa duração de peças para todos os modelos que existem em todo o mundo.

Ou seja, quem apostou no Polo GTI R5, por exemplo, não tem de deitar o carro fora porque a VW assegura que haverá peças para o modelo.

Tudo isto vai em contra mão com o que se passa com a Audi, que acaba de anunciar que vai regressar ao WEC e que estará no Dakar 2022, depois de abandonar a Fórmula E no final da temporada de 2021.

Lembramos que a Volkswagen Motorsport tem uma história de cinco décadas, mas o maior destaque surgiu na ultima década com o Polo WRC a conquistar quatro títulos no Mundial de Ralis, três cetros no Mundial de Rallycross, três vitórias no Dakar e dois títulos internacionais no TCR. Tudo isso ficará, agora, no livro das memórias a apanhar pó no gigantesco complexo de Wolfsburg.