Desporto

BMW vai abandonar a Fórmula E no final de 2021

E vão duas marcas a dizerem adeus à Fórmula E. Depois da Audi, a BMW disse que já chega de corridas de monolugares elétricos.

Foi um dia depois da Audi e depois do final dos testes em Valência da Fórmula E, que a BMW Motorsport anunciou que 2021 será o derradeiro ano de participação a nível oficial. Curiosamente, Maximilian Guenther foi o mais rápido em Valência.

Num curto comunicado, a BMW confirma a saída da competição, argumentando que “essencialmente foram esgotadas as oportunidades de desenvolver novas tecnologias aplicáveis à produção em série vindas da Fórmula E.”

Para a BMW, os últimos sete anos foram um sucesso, mas a sua participação chegou ao fim. Segundo a casa bávara, “como parceiros desde a primeira hora, a BMW rem sido instrumental na história de sucesso da Fórmula E. Porém, na hora de desenvolver motorizações elétricas, o BMW Group esgotou todas as oportunidades de transferir tecnologia da competição para o carro de estrada.”

O foco da BMW vai mudar, tal como a marca, rumo à mobilidade elétrica e por isso decidiu concentrar-se na ofensiva de modelos de produção em série da 5ª geração da mobilidade elétrica BMW.

Lembramos que a casa alemã já tinha saído, também, do DTM, embora tal como a Audi e a Mercedes tenham apoiado as ideias de Gerhard Berger para o futuro da competição alemã.

Categories: Desporto, Home, Notícias

Tagged as: , , ,