Home

Hyundai E-GMP é a nova plataforma dedicada a veículos elétricos da casa coreana

A Hyundai Motor apresentou a Plataforma Modular Global-Elétrica (E-GMP), a primeira base totalmente dedicada a veículos elétricos.

Os modelos baseados nesta nova plataforma poderão chegar a uma autonomia superior a 500 km (WLTP) com carregamento de 80% da bateria em apenas 18 minutos. Quanto às performances, chegam dos 0-100 km/h em menos de 3,5 segundos e velocidade máxima de 260 km/h.

A plataforma foi pensada para otimizar as dinâmicas de condução e de segurança, maximizando o espaço do habitáculo. A E-GMP ostentará o primeiro sistema de carregamento múltiplo (400/800V) e função de conversão de potência bidirecional.

A Hyundai pensa produzir 23 modelos 100% elétricos e vender um milhão de veículos elétricos em todo o mundo até 2025.

“A E-GMP é o culminar de anos de investigação e desenvolvimento e junta as nossas tecnologias mais inovadoras. A nossa gama de elétricos evoluirá e será reforçada por uma nova e inovadora plataforma”, afirmou Fayez Abdul Rahman, Vice-Presidente Sénior do Hyundai Motor Group.

Diz a Hyundai que a E-GMP reduz a complexidade através da modularização e uniformização, permitindo um rápido e flexível desenvolvimento de produtos que podem ser utilizados na maior parte dos segmentos.

Esta plataforma foi concebida para oferecer um melhor desempenho nas curvas e estabilidade de condução a alta velocidade. Isto deve-se à distribuição ideal de peso entre a dianteira e a traseira, num design que permite um reduzido centro de gravidade graças à montagem das baterias num centro de gravidade mais baixo e à adoção de motores elétricos, localizados no espaço que era anteriormente ocupado pelo motor a combustão.

A base E-GMP tem um sistema de suspensão traseira de cinco braços e o primeiro eixo motor integrado (IDA) do mundo produzido em massa, que combina os rolamentos das rodas com o eixo de transmissão para fornecer força motriz, aumentam o conforto da experiência de condução e conferem uma maior estabilidade ao veículo.

A plataforma assegura ainda a segurança da bateria através de uma estrutura de suporte de baterias feita de aço de alta resistência. 

Componentes de aço estampado a quente rodeiam esta estrutura para obter uma rigidez adicional. Desta forma, em caso de colisão, a energia do impacto pode ser absorvida eficientemente, graças às secções da carroçaria e chassis preparadas para esse efeito, ligações de carga de energia efetiva e uma secção central da bateria firmemente ligada à carroçaria.

Adicionalmente, ao fortalecer a estrutura de apoio, localizada à frente do painel de instrumentos, os engenheiros foram capazes de minimizar a transmissão da energia da colisão para o sistema motriz e para a bateria. A distribuição da estrutura do Pilar A, previne ainda a deformação da célula do habitáculo.

A E-GMP maximiza o espaço interior através da longa distância entre eixos. Com o conjunto de baterias montado sob o chão, a E-GMP fornece ao habitáculo um piso plano. Isto providencia mais espaço para as pernas para os passageiros, permitindo várias disposições para os bancos dianteiros e traseiros.

O conjunto de baterias – montado entre o eixo dianteiro e traseiro – será o mais potente e denso sistema que o Hyundai Motor Group já criou. Isto deve-se ao reforço da performance de arrefecimento, resultado de uma nova estrutura de separada para refrigeração, que ajuda a que o conjunto de baterias seja mais compacto. 

O novo sistema compacto de potência elétrica (PE) da E-GMP consiste num motor elétrico potente, com transmissão EV e inversor. 

Estas três componentes são integradas num só modulo compacto. Isto assegura uma performance potente ao aumentar a velocidade máxima até 70%, em comparação com motores já existentes. Este motor de alta-velocidade é mais pequeno que os atuais, enquanto fornece um desempenho comparável e eficiência em espaço e peso.

Além disso, o sistema de bateria uniformizado pode ser adaptado para oferecer uma performance apropriada a um segmento específico, de modo a maximizar o conjunto, ou ir ao encontro das várias necessidades do cliente.

O motor elétrico é controlado pelo modulo de potência do inversor, que adota semicondutores de carboneto de silício (SiC). Este motor pode melhorar a eficiência do sistema em cerca de 2 a 3%, o que significa que o veículo pode percorrer distâncias 5% maiores com a mesma energia.

A E-GMP foi projetada para tração traseira. No entanto, os clientes poderão escolher entre as configurações de tração traseira e de tração integral, os modelos com a última opção recorrem a um motor elétrico adicional. 

A maioria dos veículos elétricos existentes e as infraestruturas de carregamento rápido oferecem um carregamento de 50kWh~150kWh, para veículos elétricos equipados com um sistema de 400V; no entanto, o desenvolvimento da infraestrutura de 800V, com um carregamento até 350kWh, irá, gradualmente, permitir um carregamento ainda mais rápido.

A E-GMP oferece uma capacidade de carregamento de 800V e permite um carregamento de 400V, sem a necessidade de componentes adicionais ou adaptadores. O sistema de carregamento múltiplo é a primeira tecnologia patenteada do mundo a trabalhar o motor e o inversor para aumentar de 400V para 800V, de modo a estabilizar a compatibilidade da carga.

Um EV com tecnologia E-GMP tem capacidade para atingir uma autonomia máxima superior a 500km, com a bateria totalmente carregada. Além disso, este carregador múltiplo de alta velocidade pode carregar até 80%, em apenas 18 minutos, e pode ir até aos 100km de autonomia em apenas 5 minutos.

Ao contrário dos veículos elétricos anteriores, que apenas aceitavam um carregamento, o sistema d carregamento E-GMP é mais flexível. O novo E-GMP, desenvolvido pela Integrated Charging Control Unit (ICCU), representa uma evolução perante aos já existentes On-Board Chargers (OBC), que normalmente apenas permitem que a eletricidade flua a partir de uma fonte externa numa única direção. A ICCU permite uma nova função para o veículo carregar (V2L), que também pode descarregar energia da bateria do veículo sem componentes adicionais. Isto permite que o veículo elétrico, baseado no E-GMP, opere outros sistemas elétricos (110/220V) em qualquer lado. O sistema pode ser usado para carregar outro veículo elétrico.

A nova função V2L, pode fornecer até 3,5 kW de energia e alimentar uma unidade de ar condicionado de média dimensão, bem como uma televisão de 55 polegadas, até 24 horas.