Desporto

Morreu Raffael “Lele” Pinto, piloto italiano que venceu o Rali de Portugal 1974

“Adeus Lele, grande campeão e grande homem. Obrigado por teres contribuído de modo determinante para o meu sucesso e da lancia. Estarás sempre no meu coração.” Quem o disse foi Massimo “Miki” Biasion, ex-piloto da Lancia e campeão do mundo de ralis em 1988 e 1989.

Quem o disse foi Massimo “Miki” Biasion, ex-piloto da Lancia e campeão do mundo de ralis em 1988 e 1989.

Piloto italiano nascido em Casnate no dia 13 de abril de 1945, Rafaelle “Lele” Pinto teve como ponto alto da sua carreira a vitória no Rali de Portugal de 1974, ao volante de um Fiat 124 Abarth tendo a seu lado Arnaldo Bernacchini.

Iniciou a sua carreira em 1968, venceu o Campeonato Europeu de Ralis em 1972 com um Fiat 124 Spider, disputou o Mundial de 1974 com o Fiat 124 Abarth e em 1975 com um Lancia Stratos. Permaneceu no Mundial até 1977. 

Cumpriu 19 ralis do Mundialm venceu 42 provas especiais de classificação, tendo feito o primeiro rali do mundial no Monte Carlo de 1973 e o último no “seu” Sanremo de 1978. Faleceu esta terça feira com 75 anos.

Sobre o piloto italiano, Fernando Petronilho, jornalista português que acompanhou o Mundial de Ralis durante décadas, contou uma história na rede social Facebook. Amigo do piloto pela presença em muitas sessões de testes da Fiat e da Lancia, o jornalista português lembrou que numa neutralização do Rali Tap no Buçaco, um jornalista luso, da Rádio Renascença, ao ver Lele Pinto sair do carro a coxear não se conteve e disse “olha aquele gajo a imitar-me!” Os dois, jornalista e piloto eram coxos…