Home

Land Rover Defender conquista cinco estrelas nos ensaios EuroNCAP

O novo SUV da Land Rover, juntamente com o Audi A3 Sportback e Kia Sorento, reclamou as cinco estrelas EuroNCAP.

Foram os últimos testes de 2020 e a EuroNCAP fez testes a mais uma série de modelos, introduzindo o novo MPDB (Mobile Progressive Deformable Barrier) no choque frontal. Desta forma, a EuroNCAP pode avaliar quão agressivo um carro é no impacto com um carro mais pequeno.

O Audi A3 e o Seat Leon, ambos feitos sobre a base MQB do grupo VW, igualaram os valores alcançados pelo VW Golf no final de 2019.

Curiosamente, a EuroNCAP deixou claro que apesar dos dois modelos testados não ficarem atrás do Golf, o Seat Leon foi aquele que teve melhor performance nos vários testes, graças a um estilo da frente mais compatível.

Olhando para os testes, o Audi A3 Sportback conseguiu 89% na proteção dos adultos e 81% na proteção das crianças, enquanto o Seat Leon registou 92% e 88%, respetivamente.

Quanto ao Defender, naturalmente, conseguiu um muito melhor resultado que o Defender original e recolheu 5 estrelas, com 85% na proteção dos adultos, 85% na proteção das crianças, sendo mais agressivo para os outros veículos devido ao peso na dianteira.

No caso do Kia Sorento, foram-lhe outorgadas as 5 estrelas com 82% na proteção dos adultos e 85% para as crianças, sendo destacada a oferta do airbag central e o sistema de emergência e-Call.

Surpreendente foi o resultado da Isuzu D-Max. A pick-up japonesa foi, pela primeira vez, testada nestas condições na Europa. A EuroNCAP destacou os sistemas de segurança, os airbags, referindo que tal como sucede com o Defender, é agressivo para os outros veículos devido ao peso da dianteira. Ainda assim, com 84% na proteção dos adultos e 86% nas crianças, recebeu, de forma justíssima, as 5 estrelas EuroNCAP.

O Honda E não foi além das quatro estrelas pela falta de alguns equipamentos de segurança, que, são encontradas, por exemplo, no Jazz, e uma performance menos conseguida no que toca ao embate lateral. Por isso as quatro estrelas com 76% de proteção dos adultos e 82% para as crianças.

O Hyundai i20 foi o modelo menos feliz nestes ensaios com apenas 3 estrelas, com a EuroNCAP a salientar o facto da pélvis escorregar debaixo do cinto de segurança e uma travagem de emergência autónoma menos eficaz que alguns concorrentes. Assim, com 69% de proteção dos adultos e 75% para as crianças, o Hyundai i10 recebeu, apenas, 3 estrelas.