Home

Inmotion vai ajudar a Jaguar Land Rover a manter a cadeia de fornecimento sustentável

Parte do grupo Jaguar Land Rover (JLR), a Inmotion é uma empresa de capital de risco e serviços de mobilidade que decidiu investir na tecnologia “blockchain”.

Para quem não sabe, a tecnologia “blockchain” consegue monitorizar matérias primas desde a origem até ao fornecedor. Para isso utiliza uma combinação de GPS, biométrica e códigos QR para ser capaz de verificar a cadeia de fornecedores.

Este investimento da Inmotion na Circulor vai auxiliar a JLR a obter materiais com maior transparência no que respeita à proveniência, bem-estar dos colaboradores e o cumprimento das normas de fornecedores em todas as cadeias.

Integrando no seu compromisso de negócio responsável, a JLR quer inovar permanentemente para reduzir o impacto ambiental e ético dos seus produtos na sua vida útil.

A tecnologia consegue monitorizar matérias-primas valiosas em todas as cadeias de fornecimento global, desde a origem até ao fornecedor. Circulor já utiliza “blockchain” para maximizar a monitorização dos minerais utilizados nas baterias dos veículos elétricos. 

A tecnologia utiliza uma combinação de GPS, biométrica e códigos QR para verificar digitalmente o movimento de matérias-primas em todos os passos do processo. Em complemento à conformidade de monitorização, o processo digital irá permitir à Jaguar Land Rover avaliar a pegada de carbono da sua cadeia de fornecimento.

É impossível alterar ou interferir com a tecnologia “blockchain”, proporcionando aos clientes confiança total de que a cadeia de fornecimento é autêntica, e de que todos os materiais têm origem em fontes sustentáveis.