Desporto

Jari-Matti Latvala é o novo responsável pela Toyota Gazoo Racing WRC

O ex-piloto da Toyota vai ocupar o lugar de Tommi Makinen, que assumiu a direção da equipa de ralis da casa japonesa pela última vez no Rali de Monza.

Após o título de pilotos de Sebastien Ogier, o sétimo nas contas do francês, percebeu-se a tristeza de Tommi Makinen no final do Rali de Monza – contrastando com o choro quase compulsivo de Andrea Adamo, o patrão da Hyundai Motorsport – por ter perdido o cetro de construtores para a Hyundai.

Soube-se, também, que o Rali de Monza foi a última prova do Mundial de Tommi Makkinen como patrão da Toyota Gazoo Racing World Rally Championship. Para o seu lugar entrou Jari-Matti Latvala, outro finlandês muito próximo de Makinen e que pendurou o capacete para o Mundial de Ralis há um ano.

Hoje, tem dividido o seu tempo entre a aprendizagem do cargo e ralis com carros clássicos, onde possui uma coleção muito interessante.

Tommi Makinen passa a ser um consultor da Toyota Gazoo Racing para o Mundial de Ralis e Jari-Matti Latvala assumirá as rédeas da equipa no terreno. 

Foi uma decisão de Akyo Toyoda, que queria manter um piloto como responsável da equipa de ralis. Isto porque o patrão da Toyota entende que uma equipa de ralis não deve ter um burocrata à frente.

A formação da Toyota continuará com a sua tripla de pilotos: Sebastien Ogier, Elfyn Evans e Kalle Rovanpera, com Takamoto Katsuta a manter-se como membro do Challenge Program e fará todo o Mundial com o Yaris WRC.

Na parte diretiva, além de Latvala, a equipa continuará com Yuichiro Haruna como responsável pelo projeto (o homem do controlo da Toyota), Kaj Lindstrom como diretor desportivo e Tom Fowler como diretor técnico.

“Estou verdadeiramente honrado por assumir esta posição, ainda por cima com a confiança de Akyo Toyoda. Estou muito ansioso para que o trabalho recomece depois de ter passado tanto tempo ao lado do Tommi, tendo feito parte desta equipa desde o seu início como piloto. Agora, como responsável da formação da Toyota tenho de olhar para um quadro alargado. Tenho de manter toda a gente motivada e fazer com que o trabalho em equipa alcance os melhores resultados. É um novo desafio e estou preparado para ele! O Tommi fez um excelente trabalho, contruindo-o desde o zero e levando-o até ao sucesso. Há sempre espaço para melhorar e quero usar aquilo que aprendi ao longo dos anos como piloto e trabalhar com todos para conseguir ser o mais bem-sucedido que for possível.”