Home

Fusão PSA – FCA acaba de ser aprovada pelo organismo europeu da concorrência

A página final do folhetim da fusão entre a PSA e a FCA acaba de ser escrita: o organismo europeu da concorrência aprovou o negócio.

Havia muitas dúvidas sobre a posição concorrencial da Stellantis no mercado do Velho Continente e foram necessários alguns ajustes para que tudo fique legalizado.

A PSA vai alargar o seu acordo com a Toyota para a produção de veículos comerciais, incrementando a casa japonesa os números de unidades disponíveis e baixas de preços em peças, veículos e acessórios.

A Stellantis vai permitir que os rivais da PSA e da FCA tenham acesso às redes de manutenção e reparação dos veículos comerciais, ajudando a que novas marcas entrem no mercado. Ou seja, a União Europeia não quer que a PSA e a FCA alarguem o domínio sobre o mercado dos comerciais.

Recordamos que a PSA tinha oferecido mais produção à Toyota na fábrica de Savelnord, em França, para acalmar o organismo europeu da concorrência, preocupado com os 34% de quota de mercado da PSA e FCA. Para se perceber, a Renault e a Ford têm, cada uma, 16% de quota e a VW apenas 12% com a Mercedes a deter 10%.

Comentando esta decisão, a Stellantis referiu que “a FCA e o Grupo PSA acolhem com muita satisfação esta clarificação e a autorização para prosseguir com a fusão que vai dar origem à Stellantis, um líder mundial na mobilidade. A final do processo de fusão está prevista para o fim do primeiro trimestre de 2021.”

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , ,