Notícias

Infiniti abandona a Fórmula 1 após 10 anos de presença

Acabou! A Infiniti já saiu da Europa e acaba de passar pela porta de saída da Fórmula 1.

Após 10 anos de presença na disciplina maior do desporto automóvel, a Infiniti, marca de luxo da Nissan, abandona o apoio à Renault depois de ter caminhado de mãos dadas com a Red Bull.

Recordamos que em 2011 a Infiniti era um patrocinador da Red Bull, passou a “main sponsor” em 2012. Tudo no sentido de oferecer maior exposição e reconhecimento para a marca.

Em 2016, a marca alargou a sua presença assinando um acordo técnico com a Renault DP World F1 Team, participando ativamente no desenvolvimento do sistema de recuperação de energia do monolugar da casa francesa.

“Estamos muito orgulhosos da nossa participação na Fórmula 1 e o sucesso e resultados obtidos. O nosso envolvimento no desporto foi sendo reforçado ao longo dos últimos dez anos e aumentámos a nossa exposição e reconhecimento, mas também melhorámos as nossas capacidades e credenciais técnicas” disse Tommaso Volpe, o patrão da Nissan e da Infiniti.

“Mas, agora, é o tempo para concentrar os nosso recursos e o nosso conhecimento adquirido na F1 na pesquisa e desenvolvimento da nossa tecnologia para o futuro” acrescentou.

Curiosamente, a saída da Infiniti coincide com a saída da Renault da F1. A equipa de F1 da casa francesa vai passar a chamar-se Alpine F1.