Elétricos

Chegou ao fim o VW Golf elétrico, deixando o palco da mobilidade elétrica a ID.3

Saiu no dia de ontem da fábrica “transparente” de Dresden, Alemanha, a última unidade do VW e-Golf.

Desde 2017 que havia uma versão elétrica na gama Golf, produzida em Dresden. Foram produzidas 145.561 unidades.

A partir de 2021, a unidade de produção de Dresden estará preparada para fabricar o ID.3.

Para Danny Auerswald, responsável máximo da fábrica de Dresden, “o fim do e-Golf marca o início dos ajustes finais para recebermos o ID.3. Daqui a poucas semanas, estaremos a inaugurar outro capítulo da fábrica transparente’. Depois de Zwickau, somos a segunda localização na Europa a produzir veículos basados na nova plataforma modular para veículos eletrificados.”

Recordamos que o e-Golf foi lançado em 2014, atualizado em 2017. Tinha uma autonomia de 231 km segundo o protocolo WLTP, graças a uma bateria de 35,9 kWh que alimentava um motor de 134 CV.