Elétricos

Incentivos à compra de carros 100% elétricos sextuplicou em 2020!

Inevitavelmente, a aposta brutal da indústria automóvel alemã na mobilidade 100% elétrica, teve de ser acompanhada pelo Estado germânico.

Contas feitas, o Governo alemão já pagou mais de 652 milhões de euros em subsídios este ano, para a compra de modelos eletrificados. 

Se olharmos aos números de 2019, a Alemanha tinha pagado 98 milhões de euros de incentivos. Estes números, revelados pela Reuters, foram fornecidos por fonte oficial.

Os consumidores alemães pediram subsídio para um total de 229.951 unidades, enquanto em 2019 foram apenas 73.081 carros.

Além destes incentivos, as ajudas fiscais introduzidas em julho foram o gatilho para que as vendas dos modelos 100% elétricos tenham disparado.

Curiosamente, o pedido para incentivos na compra de modelos híbridos foi superior á dos elétricos. Se os pedidos para modelos 100% elétricos subiu de 51 mil para 126 mil (mais 250%), os híbridos passaram de 22 mil para 103 mil (cerca de 470% mais).

O Governo alemão está muito satisfeito com a reação aos incentivos e está confiante que o número de carros eletrificados subsidiados em 2021 sejam ainda mais.

Peter Altmaier, ministro federal da economia alemã, disse que “em 2020 demos um significativo passo em frente rumo á mobilidade elétrica na Alemanha. A principal razão para isso foi a introdução de um bónus inovador em julho, para o qual o governo federal duplicou os fundos para a compra de carros elétricos.”

Entretanto, perante este aumento de procura devido aos incentivos, a industria alemã respondeu e a VW anunciou que irá instalar 750 novos pontos de carga na Alemanha em 2021.

“Precisamos de aumentar, significativamente, os pontos de carga na Alemanha e na Europa, se queremos que os carros elétricos se massifiquem. Por essa razão, todos os construtores e outros ‘players’ da indústria até aos políticos terão de fazer um esforço nos próximos anos” disse Thomas Ulbrich, responsável pela mobilidade elétrica da VW.