Home

Casa SEAT recebeu em 2020 mais de 50 mil visitantes e cumpriu 150 atividades programadas

Esteve aberta ao público durante seis meses como espaço de encontro para criação de ideias para o futuro da mobilidade. Chama-se Casa SEAT, está em Barcelona e em 2020, apesar de tudo, foi um sucesso.

Após a sua inauguração a 19 de junho, a Casa SEAT recebeu 51.330 visitantes até ao final do ano, atraídos para o espaço pela sua oferta gastronómica, a exposição das últimas novidades da empresa e uma intensa agenda cultural que incluiu mais de 150 atividades -entre conferências, concertos e diferentes expressões artísticas-, bem como quatro exposições que homenagearam a figura de Federico García Lorca; ofereceu novas criações de videoarte de artistas internacionais.

A Casa SEAT abriu as suas portas há pouco mais de meio ano e tem sido palco de importantes acontecimentos da empresa como a apresentação em junho da nova unidade de negócio de mobilidade urbana SEAT MÓ; o anúncio, em julho, do investimento de 5 bilhões de euros em I&D previsto até 2025; e a nomeação do seu atual presidente, Wayne Griffiths, a 23 de setembro. 

Foi ali que foi exibido o novo CUPRA Formentor, o novo SEAT Leon, a nova motocicleta elétrica SEAT MÓ eScooter 125 e a nova trotinete SEAT MÓ eKickscooter 65. 

Além disso, no piso 0, foram exibidos o protótipo SEAT Minimó e o SEAT Tavascan, que atraíram o olhar dos transeuntes, que também puderam participar em encontros com os designers da empresa que fazem os esboços dos modelos do futuro no Concept Lab da Casa SEAT.

Em 2021 o debate sobre mobilidade e as propostas artísticas continuam na Casa SEAT que vai continuar a oferecer um programa de debates, encontros e propostas artísticas para estimular o debate sobre os desafios do presente e contribuir para a cocriação da mobilidade do futuro. 

Para tal, terá início em 2021 o ciclo “Guest Cities”, que trará a Barcelona especialistas, representantes institucionais e artistas de cidades de diversos países com o objetivo de contribuir para o intercâmbio de ideias e melhores práticas em relação aos modelos de mobilidade, planeamento urbano e o desenho da cidade do futuro.

Da mesma forma, a programação irá girar em torno de um tema que estruturará o debate e as propostas culturais de cada mês. Em janeiro, o programa vai rever os propósitos com os quais se inicia cada ano através de eventos diversos, entre eles, uma conferência de Thierry Malleret, economista coautor do livro “Covid-19: The Great Reset”, juntamente com Klaus Schwab, presidente executivo do Fórum Económico Mundial. 

Malleret explicará como a economia e a sociedade podem evoluir após a pandemia num encontro que terá lugar na Casa SEAT no dia 28 de janeiro, coincidindo com a celebração do Fórum Económico Mundial de Davos. Além disso, os visitantes do espaço poderão desfrutar durante mais algumas semanas da exposição 70 Anos em Movimento, que foi prolongada devido à boa receção do público.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , , ,