Home

Mercedes foi a marca Premium mais vendida em 2020

A prestação da Mercedes no mercado nacional mostrou resiliência e num mercado que recuou quase 35%, a casa de Estugarda perdeu “apenas” 17% face ao ano de 2019.

O resultado apurado de 13.752 automóveis comercializados em 2020 correspondeu a uma quota de mercado de 9,5% – uma das maiores a nível mundial – ficando no terceiro lugar do pódio das marcas mais vendidas atrás de dois generalistas fortíssimos: Renault e Peugeot.

O modelo mais vendido pela Mercedes em Portugal é o Classe A com 5.979 unidades. Se juntarmos o Classe B e o GLB, o segmento compacto da casa alemã comercializou 8.710 unidades.

Já o segundo modelo mais vendido com 989 unidades foi o Classe C, seguindo-se a gama Classe E (incluindo o CLS e o GLE) que chegou a 2.289 unidades, um aumento de 17% face a 2019.

A submarca EQ da Mercedes, dedicada aos veículos PHEV e 100% elétricos, cresceu 201% face a 2019, com 3.354 unidades vendidas. O EQC vendeu 225 unidades e, contas feitas, os modelos Mercedes EQ representam 26% do total das vendas da Mercedes em Portugal.

No lado da Mercedes AMG, foram vendidas 281 unidades, com o AMG GT 4 portas a encontrar 70 clientes em 2020.

Finalmente, a smart. Tornou-se na primeira marca 100% elétrica a nível mundial e, como seria expectável, a marca perdeu bastante em termos de vendas. Foram comercializadas 518 unidades dos smart elétricos. Se excluirmos os modelos com motor de combustão vendidos em 2019, isto representou 27.3% de aumento face a 2019.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , ,