Home

Volkswagen Golf foi o carro mais vendido na Europa em 2020

Os espanhóis não gostam de ver bons inícios aos filhos e a VW deverá ter pensado nisso quando percebeu que a oitava geração do Golf conheceu tantos problemas. Porque, depois, ganhou ritmo e acabou por ser o carro mais vendido na Europa.

Com mais de 312 mil unidades comercializadas no Velho Continente, o modelo emblemático da VW continua a dar cartas. 

Recordamos que a VW introduziu a oitava geração do Golf em outubro de 2019, trazendo para o segmento novas tecnologias no que à conectividade dizia respeito, mantendo a mecânica mais ou menos na mesma.

A verdade é que a inovação e o arrojo tecnológico cobraram uma fatura que poderia ter sido pesada, pois em maio a VW teve de parar as vendas por problemas no “software” do complicado sistema tecnológico do Golf.

Cientes da necessidade de acelerar a procura do carro na Europa, os responsáveis da VW lançaram, rapidamente, a versão GTI a gasolina, o desportivo diesel GTD e, crucialmente, o GTE.

O modelo híbrido foi fundamental no crescimento das vendas, já que um em cada três Golf vendidos em 2020 foi da versão híbrida.

Assim foi possível manter o estatuto da sétima geração do Golf (e de mais algumas anteriores), num ano de dificuldade que viu as vendas encolherem significativamente. 

“Com o Golf 8 conseguimos perpetuar a história de sucesso das anteriores gerações. O carro continua a estabelecer o marco tecnológico em diversas áreas. Depois do confinamento provocado pela Covid-19, o interesse pelo Golf foi enorme na segunda metade do ano” comentou Ralph Brandstatter, o CEO da marca Volkswagen.

No fim, um agradecimento do patrão da marca alemã. “Quero agradecer a todos os clientes que nos deram a sua confiança. Mas a minha gratidão vai, igualmente, para toda a nossa equipa que fez um excelente trabalho perante condições difíceis devido á pandemia.”

Em Portugal, a Volkswagen conheceu um excelente mês de dezembro com um crescimento de 35,6% tendo vendido 726 unidades. No acumulado, o recuo foi de 32,8% com 6.972 unidades comercializadas. Ainda assim, um resultado melhor que o mercado nacional que recuou 35%.