Notícias

Edson Ishikawa, responsável da Volvo Car Portugal, analisa o ano de 2020

O responsável pela divisão portuguesa da Volvo, Edson Ishikawa, aproveitou para fazer o balanço de 2020, numa altura em que as coisas podem piorar com novo confinamento.

A quota de mercado de 2,8% recebeu do responsável pela Volvo em Portugal o seguinte comentário. “Este é um número que seria inimaginável para a Volvo há alguns anos atrás.  No entanto, é uma cifra que nos orgulha e que nos traz mais responsabilidade pois a nossa carteira de clientes tem crescido significativamente. De forma gradual e sustentada temos vindo a solidificar a presença da Volvo em Portugal e somos claramente uma marca a ter em conta no segmento Premium onde voltamos a marcar presença no Top 3 das marcas mais vendidas. Este é o nosso 4º ano consecutivo a crescer em quota de mercado sinal de que a nossa oferta atual é adequada às preferências atuais dos condutores portugueses”  

Sobre o crescimento da vendas de modelos SUV, encerra algumas ideias curiosas. “Sabemos que a popularidade dos modelos SUV não é exclusiva da Volvo. No entanto num ano tão desafiante como foi 2020 é significativo verificar que as nossas vendas desta gama de modelos cresceu em números absolutos tendo atingido mais 23% em relação ao ano anterior. Tradicionalmente, a Volvo tem sido uma marca com modelos muito populares no segmento das carrinhas, onde a história de sucesso tem décadas. Agora, somos também uma marca associada a modelos SUV que conjugam um reconhecido design e versatilidade com níveis de segurança ímpares na industria. A oferta atual destes modelos da Volvo (XC40, XC60 e XC90 está muito completa e adaptável a várias necessidades”. 

Já sobre a eletrificação, Edson Ishikawa sustentou que “é com muita satisfação que vemos estes números pois o nosso compromisso com a eletrificação é total. Fomos o primeiro construtor automóvel tradicional a assumi-lo logo em 2017 e somos hoje, o único que apresenta variantes plug-in hybrid em todos os modelos da gama. Estes são modelos de muito sucesso em Portugal onde conseguimos apresentar uma taxa de penetração superior mesmo à média europeia da marca que foi de 29% no ano que passou. 2021 será um ano muito especial para a Volvo em Portugal pois iremos lançar o nosso primeiro automóvel 100% elétrico – O Volvo XC40 Recharge. Este será um passo muito importante pois em 2025 pretendemos ter pelo menos 50% do nosso volume baseado em veículos 100% elétricos e os restantes 50% em veículos híbridos.”

Para o responsável da Volvo em Portugal, o ano 2020 “foi único, muito exigente, onde a sociedade foi confrontada com um desafio inesperado e de elevadas dimensões. A pandemia veio alterar padrões de comportamento e formas de trabalhar tendo a componente digital ganho um peso nunca antes visto. As nossas fábricas, após um breve lock-down voltaram a operar em meados de Abril, tendo a Volvo Cars ajustado rapidamente a sua forma de trabalhar nos vários níveis de operações. Em Portugal fizemos exactamente o mesmo e adaptámo-nos rapidamente às novas circunstâncias. Aqui, gostaria de deixar uma palavra também à nossa rede de concessionários, que esteve sempre na primeira linha e adaptou os seus procedimentos para atender os clientes com a máxima segurança. Posso dizer que 2020 terá sido mesmo o ano em que nos sentimos mais próximos da nossa rede de concessionários.”