Elétricos

VW forçada as juntar-se a mais construtores de veículos elétricos para evitar as pesadas multas da UE

Não é uma novidade, mas a verdade é que apesar do “all in” nos veículos elétricos, a Volkswagen teve de fazer acordos com fabricantes de modelos elétricos para evitar pagar as pesadas multas à União Europeia.

A casa de Wolfsburg foi forçada a juntar a sua gama a vários pequenos construtores de veículos elétricos – Aiways, LEVC e a Next E.Go Mobile.

Desta forma, a VW reduzirá a sua pegada de carbono e evitará o pagamento de multas pela infração dos limites de emissões de CO2 para a sua gama de carros novos.

A VW já tinha um acordo semelhante com a marca MG, propriedade da Geely que é propriedade da SAIC.

A marca alemã não revela qual o nível de redução de CO2 alcançado com estes acordos, sendo apenas certo que a média de emissões tenha baixado.

A Aiways é uma empresa chinesa que quer expandir-se para a Europa e terá acordado apoio da VW para essa ambição. Quanto à LEVC, é uma empresa baseada no Reino Unido sendo propriedade da Zhenjiang Geely Holding e com ambições de entrar no negócio de táxis híbridos e pequenos furgões elétricos. Já a Next e-Go Mobile tem planos para começar a produzir na Alemanha um pequeno veículo elétrico.