Home

Jean Graton (1923/2021): morreu o pai de Michel Vaillant

Criou uma das bandas desenhadas mais famosas do mundo e a melhor de todas a abordar os automóveis e as corridas de carros. Chamava-se Jean Graton e faleceu ontem com 97 anos.

Com a morte do francês é uma página da história do automobilismo que se vira, fica mais pobre a banda desenhada e o desporto automóvel. Os muitos livros publicados com o protagonista principal a ser Michel Vaillant, rodando várias personagens como o pai, a esposa e o americano Steve Warson.

Passou por todas as categorias, veio a Lisboa para o Rali de Portugal, esteve em Macau, enfim, um regalo para quem gosta de banda desenhada e desporto automóvel.

O seu pai, Jean Graton, nasceu em Nantes no dia 10 de agosto de 1923, o ano da primeira edição das 24 Horas de Le Mans. Mudou-se para a Bélgica onde sempre viveu.

Reformou-se em 2004, deixando via aberta para o seu filho Philippe Graton.

A Vaillante ganhou um título Mundial de Endurance na categoria LMP2 com o Vaillante-Rebellion, em 2017.

Foram publicados mais de 70 álbuns desde o primeiro em 1957. O mais recente intitula-se “Duels”.

Michel Vaillant ficou órfão, mas o grande campeão vai continuar, certamente…