Home

Hyundai vê lucro crescer 57% no último trimestre de 2020

O construtor coreano anunciou que acredita que as vendas nos EUA e na China vão acelerar este ano, alimentadas pelos lançamentos de novos modelos elétricos e SUV.

Esta convicção da Hyundai foi expressa à margem do anúncio do aumento dos lucros em 57% no último trimestre de 2020.

Este resultado só foi possível porque a marca vendeu mais modelos SUV que libertam mais margem de lucro e a Genesis, a marca de luxo da Hyundai, conheceu maior procura. Isto porque as vendas recuaram 5% no meio da pandemia de Covid-19 e da enfraquecida economia.

Contas feitas, o lucro foi de 1,3 triliões de won, ou seja, 1,5 mil milhões de euros entre outubro e dezembro.

Mesmo assim, a Hyundai sofreu com a valorização da moeda coreana que avançou 7% contra o dólar no último trimestre. Naturalmente, uma moeda forte provocou erosão no valor a nível mundial das vendas e em particular nos EUA. Que é o maior mercado da Hyundai.

O volume de negócios da Hyundai foi superior a 29 mil milhões de euros, segundo a Hyundai, que acredita que em 20921 as vendas subam 28% para mais de meio milhão de unidades na China. Fará esse crescimento à conta do lançamento de mais produtos elétricos.

Já nos EUA, a previsão é de um aumento de 12% para 909 mil unidades, o que fará forte contraste com o recuo de 2% experimentado no quarto trimestre de 2020. Pese embora a Hyundai ter registado um crescimento da quota de mercado para 4,8% num ano em que as vendas recuaram 10%.

Todos os analistas dizem que a Hyundai, apesar de algumas dificuldades com o Kauai Electric (recolha de milhares de unidades devido a possível início de incêndio) vai aumentar de forma clara as suas vendas de veículos 100% elétricos.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , , , ,