Desporto

Jenson Button vai competir na Extreme E Series com uma equipa própria

O antigo campeão do Mundo de Fórmula, Jenson Button, conheceu uma semana agitada: além de ser confirmado como consultor da equipa Williams F1, anunciou que vai competir na Extreme E.

O piloto britânico vai competir na nova fórmula todo o terreno 100% elétrica com uma equipa própria. Button abandonou a Fórmula 1 em 2017 e nestes três anos tem feito corridas no Mundial de Endurance, nas 24 Horas de Le Mans, no Campeonato Britânico de GT e na Super GT Series. Participações esporádicas sem objetivos maiores que satisfazer a sua paixão pelas corridas.

Pouco conhecida era a sua paixão pelas provas fora de estrada, ele que fez toda a sua carreira nas pistas. Mas já disputou as bajas Mint 400 e Baja 1000. Mas percebe-se esta paixão, pois o seu pai, John Button foi piloto de ralicross nos anos 70 e 80.

Jenson Button decidiu participar, pela ideia de defesa do ambiente e com a obrigatoriedade de dividir o carro com uma mulher. A sua companheira de equipa será anunciada brevemente antes da prova inaugural na Arábia Saudita.

Alejandro Agag, o CEO e fundador da Extreme E, referiu que “estamos muito contentes com a adesão de um dos maiores nomes da competição automóvel. Jenson Button é um dos nomes mais populares e a Extreme E vai-lhe dar a oportunidade de viver as emoções da competição fora de estrada ao mais alto nível.”

Para Jenson Button, a “JBXE te estado em maturação há bastante tempo e estou muito satisfeito por anunciar a sua formação e participação na primeira edição da Extreme E. Apanhei o vírus do fora de estrada há uns anos quendo participei com uma equipa minha na Mint 400 e na Baja 1000 e, simplesmente, adorei! Foi por essa altura que soube dos planos da Extreme E e segui com atenção os desenvolvimentos. Acho que fizeram uma coisa incrível e graças aos meus parceiros, vamos fazer parte desta competição.”

A Extreme E será realizada em 10 provas e terá equipas propriedade de vários pilotos de F1: Lewis Hamilton e Nico Rosberg, além de Jason Button. Mas além das equipas destes pilotos, estarão três campeões do mundo de Ralicross (Johan Kristoffersson, Timmy Hansen e Mattias Ekstrom), dois campeões mundial de Ralis (Sebastoen Loeb e Carlos Sainz), uma campeã do Mundo de Trial (Laia Sanz) e um campeão do Mundo Pro4 (Kyle LeDuc). Estarão presentes, também, Jamie Chadwick, campeão da W Series (campeonato de senhoras) e Molly Taylor (campeã de ralis da Austrália).

A JBXE é a 10ª equipa a juntar-se á competição, onde já estão Chip Ganassi Racing, Andretti United, ABT Cupra XE, Rosberg Xtreme Racing, Team TEECHEETAH, Hispano Suiza Xite Energy Team, ACCIONA Sainz XE Team, Veloce Racing e a X44 Lewis Hamilton. A competição começará em abril de 2021 na Arábia Saudita.