Elétricos

UE lança programa de 2.9 mil milhões de euros para fabrico de baterias na Europa

A União Europeia aprovou um programa de ajudas estatais para projetos de fabrico de baterias no valor de 2,9 mil milhões de euros.

O objetivo da comissão europeia é fortalecer a posição do bloco europeu na corrida para a eletrificação.

Este financiamento brutal, deverá espoletar um investimento privado que deverá chegar aos 12 mil milhões de euros, segundo a Comissão Europeia referiu em comunicado.

Há 42 empresas aceites para este financiamento, entre elas a BMW, a Stellantis e a Tesla, além da Rimac e da Valmet.

Maros Sefcovic, vice-presidente da Comissão Europeia, referiu que “este projeto destina-se a revolucionar o mercado das baterias.”

Sobre o mesmo assunto, Peter Altmeier, ministro alemão da economia, disse que “o programa vai criar massa critica para o ecossistema de baterias na Alemanha e na Europa. “

Após este anúncio, o próximo passo será decidir quais os valores a serem entregues a cada empresa.

Este vigoroso esforço da Comissão Europeia está ligado ao esforço vigoroso que está a fazer para diminuir os gases de efeito estufa com o objetivo de alcançar a neutralidade ambiental em 2050.

E, claro, a Europa quer reduzir de forma expressiva a sua dependência das baterias vindas da Ásia, num mercado que valerá, em 205’0, qualquer coisa como 250 mil milhões de euros!