Home

Sabe quanto metros de película de camuflagem são necessários para esconder os protótipos?

Uma das questões que muitos colocam é saber quantos metros de película é que uma marca gasta para “esconder” os protótipos. A Nissan responde.

A marca japonesa pode responder porque nos últimos tempos tem estado muito ocupada com uma mão cheia de novos projetos em testes cujas formas, claro, têm de estar camufladas dos olhares alheios. 

E então, quantos metros de película é que a equipa de testes utilizou para esconder os vários modelos que tem estado em testes?

Contas feitas, o departamento utilizou, em menos de um ano, 3,2 quilómetros de película adesiva com diversos tipos de camuflagem, utilizados de forma aleatória.

Quanto aos detalhes da camuflagem, explicaram os responsáveis do departamento, é pensada para dificultar o foco das máquinas fotográficas e esconder as linhas verdadeiras dos protótipos e, muitas vezes, dos modelos finais.

O exemplo da camuflagem da frente do Pathfinder é elucidativo!

Além da camuflagem na carroçaria, o departamento da Nissan coloca fita nos faróis para os disfarçar. Quanto ao interior, são colocadas placas de fita adesiva para esconder as peças em desenvolvimento ou as novidades.

Vez por outra, a cola da película fraqueja e lá ficam alguns segredos á mostra que a marca não quer que os jornalistas e os rivais vejam.

Muitas vezes, o problema surge do interior das organizações, com alguns colaboradores a não resistirem a quebrar a confidencialidade. Para evitar ao máximo essas situações, os protótipos andam dentro das instalações com coberturas que permitem circular e evitar essas tentações. O problema é que qualquer um, com um telefone, pode, agora, “apanhar” um protótipo e facilmente vender as imagens.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , , ,