Home

Maserati não vai usar o motor do MC20 em outros modelos, apenas a tecnologia

O V6 3.0 litros biturbo do MC30, o primeiro motor feito pela Maserati em duas décadas, ficará exclusivo do superdesportivo, mas a sua tecnologia poderá ser usada em outros modelos.

Com 630 CV e 730 Nm de binário, o motor Nettuno – nomeado em honra do deus romano que inspirou o símbolo da marca italiana – foi desenvolvido e montado à mão no “Maserati Engine Lab” em Modena.

Não tem nenhuma ajuda elétrica, apenas um sistema duplo de ignição para melhorar a resposta. 

Derivado da tecnologia empregue na Fórmula 1, cada uma das bancadas do motor com V a 90 graus, tem uma pré-câmara extra que tem uma segunda vela além da dupla injeção direta. O combustível pode ser enviado para as duas câmaras, podendo a mistura explodir separadamente em cada uma delas. 

Assim, diz a Maserati, há uma resposta mais rápida do motor, mas reduzindo o consumo e as emissões. 

O Nettuno foi desenvolvido para o belíssimo MC20 (e terá versão elétrica), mas o responsável pela engenharia com a área dos motores, Matteo Valentini, já disse que o Nettuno é só para o MC20. “Mas a tecnologia que encerra pode ser usada em outros motores no futuro.”

Convirá lembrar que a Maserati já estava a preparar uma nova gama de modelos quando se deu a fusão com a PSA e nasceu a Stellantis. Um dos modelos que pode sofrer algumas alterações é o Grecale, um SUV pequeno que poderá receber uma plataforma comum a produtos da Stellantis.

Também o GranTurismo e o Grancabrio vão receber novas versões, com motores a gasolina e eletrificados. A dupla injeção e câmara de combustão pode ser usada nos motores destes dois modelos.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , ,