Home

Mercedes recolhe mais de 1 milhão de unidades devido a problemas com o eCall

Toca a todos! A eletrónica ajuda muito, mas continua a ter caprichos que agora chegaram à Mercedes e ditaram a recolha de mais de um milhão de unidades.

Para já é nos EUA que a Mercedes vai ter de recolher quase 1.3 milhões de unidades, mas a marca, de forma prudente e avisada, já lançou uma investigação interna espoletada por este caso e por um incidente com um Classe C em outubro de 2019.

O sistema eCall é obrigatório no sentido de reforçar a segurança e o trabalho das equipas de salvamento. Ora, o que aconteceu foi a descoberta de um problema no sistema que pode enviar dados errados sobre a localização do veículo depois de um acidente.

A Mercedes não tem informação sobre algum acidente com danos materiais ou pessoais derivados deste problema. Mas, como referimos, a Mercedes investiga o caso acima citado, cujo relatório pericial dizia que o sistema eCall enviava uma localização errada do veículo para a base do sistema eCall da Mercedes.

Os veículos impactados são modelos entre 2016 e 2021 e atravessam toda a gama da Mercedes. O problema será resolvido com uma atualização de software que será instalada nos concessionários ou através da internet para quem tenha a subscrição Mercedes Me.

Em comunicado, a Mercedes assume a situação e refere que “um colapso temporário da alimentação do módulo de comunicação na eventualidade de um acidente pode levar a uma comunicação incorreta do posicionamento do veículo. Porém, outras funções do sistema eCall automatizadas ou manuais permanecem sempre operacionais.”