Desporto

Lewis Hamilton prolonga contrato com a Mercedes até 2023

O sete vezes campeão do mundo, apesar do mau bocado que está a passar, acertou o prolongamento do contrato até 2023.

São dois anos de extensão de contrato até 2023, acabando com várias especulações, o fim de carreira no final de 2021 e o fim da equipa Mercedes.

Assim, Lewis Hamilton vai manter-se com a Mercedes já dentro da nova regulamentação da Fórmula 1, em vigor a partir de 2022. Curiosamente, o britânico tem vindo a assinar contratos anuais e, desta feita, assinou por dois anos.

Com esta assinatura, o campeão do mundo tem no horizonte ficar com o recorde de títulos mundiais, ele que está empatado com Michael Schumacher. Porque este ano ainda pode bater a barreira das 100 vitórias e já tem 100 “pole position”, numa carreira que começou em 2007 com a McLaren.

Deste palmarés, 77 vitórias e 74 “pole position” foram obtidas com a Mercedes, o que transforma a parceria Lewis Hamilton/Mercedes AMG a mais bem-sucedida da F1.

Resta saber se Valteri Bottas vai continuar ao lado de Hamilton, pois o finlandês continua a desiludir e começa a ficar difícil justificar a sua presença na Mercedes desde 2017, principalmente quando George Russell continua a bater à porta da equipa oficial.

Lewis Hamilton referiu que “alcançamos tantas coisas juntos, mas ainda temos muito para conquistar, tanto dentro como fora da pista. Estou incrivelmente orgulhoso e agradecido pelo facto da Mercedes sempre me apoiar, tanto no meu trabalho em pista como na diversidade e igualdade no nosso desporto. Vamos entrar numa nova era que será desafiadora e excitante e estou ansioso para ver o que vamos ainda conquistar juntos.”