Elétricos

Mercedes antecipa EQE e anuncia modelos elétricos da Maybach e da AMG

Contas feitas, a Daimler vai apresentar oito novidades, cinco delas 100% elétricas, no Salão de Munique.

A estrela será o novo EQE, um carro que a Mercedes promete desportivo, espaçoso e confortável. Sendo 100% elétrico.

Sobre o EQC, a Mercedes continua a esconder o jogo sobre a maioria dos detalhes do modelo. Libertou, agora, a foto do interior e do exterior escurecida. Percebe-se que o carro é longilíneo e que tem uma traseira musculada.

O interior replica aquilo que conhecemos de outros modelos da Mercedes EQ usando o MBUX Hyperscreen, com ecrã de 12,2 polegadas a fazer de painel de instrumentos e outro de 17,7 polegadas para o info entretenimento. O passageiro terá um ecrã de 12,2 polegadas. Os modelos mais básicos contentam-se com ecrãs de 12,3 e 12,8 polegadas.

O volante tem três raios com comandos hápticos e as já conhecidas saídas de ar do sistema de climatização em forma de turbina. O carro terá um “head up display”.

No que toca à unidade de potência, acredita-se que serão muito semelhantes às do EQS, ou seja, um EQE 450 com um motor elétrico de 333 CV e 568 Nm com tração traseira, acelerando dos 0-100 km/h em 6,2 segundos com uma velocidade de 210 km/h. A autonomia é de 780 km.

Já o 580 4Matic, com dois motores com 523 CV e 855 Nm de binário, acelera dos 0-100 km/h em 4,3 segundos e uma autonomia de 676 km. Não há certezas que o EQE tenha esta motorização.

Além do EQE, a Mercedes vai mostrar o primeiro modelo 100% elétrico da AMG e que terá como base o EQS. Pouco se sabe sobre o carro, mas julga-se que a potência andará nos 761 CV, mais quem um Mercedes AMG GT Black Series…

A Mercedes Maybach também vai revelar um protótipo que, reclama a casa alemã, mostra como “a tradição de 100 anos de derradeiro luxo automóvel pode ser transportada para uma nova era.” 

Ou seja, não se sabe que carro é que a Maybach vai oferecer, mas será ultraluxuoso e com ampla autonomia poendo ser, acredita-se, uma versão do EQS.

O EQB fará a sua estreia no mercado europeu e a Smart mostrará um crossover 100% elétrico.

A AMG vai, também, mostrar o primeiro híbrido de elevadas performances. Estamos a falar de um AMG GT 73 de quatro portas com um V8 de 4.0 litros duplo turbo, tendo acoplado uma bateria de 6,1 kWh, tração integral e uma unidade elétrica com 204 CV e 320 Nm de binário. 

Como já tinha sido anunciado, esta mecânica pode chegar aos 816 CV e aos 1000 Nm de binário, o que oferece uma aceleração 0-100 km/h em menos de 3 segundos.

Finalmente, a Mercedes deverá revelar o Classe S blindado e o Classe C All Terrain. Este é uma espécie de crossover que é capaz de andar fora de estrada e em mau piso com à vontade. Diz a Mercedes, claro.