Clássicos

Museu Opel Classic passa a estar 24 horas aberto… graças às visitas temáticas virtuais

A tecnologia permite que todos nós possamos visitar o muito interessante museu Opel Classic sentados no nosso sofá.

A Opel Classic disponibiliza, a partir de agora, um conjunto de visitas virtuais através de uma extensa coleção de mais de 120 anos de produção de automóveis e de 159 anos de história da marca. 

Para começar, as visitas temáticas “Alternative Drive”, “Rally Racing”, “Roaring Twenties” e “Mobility for Millions” podem ser acedidas em opel.com/opelclassic

O fabricante alemão está a proporcionar uma viagem virtual através de diferentes destaques da história da Opel. Os visitantes podem ficar a conhecer a exposição na antiga Estação de Carregamento K6, no complexo da fábrica de Rüsselsheim, 24 horas por dia 365 dias do ano.

Durante as visitas, os visitantes virtuais entram primeiro nos denominados “salões sagrados” da coleção Opel Classic. É aqui que a marca aloja os seus verdadeiros tesouros, mais de 600 automóveis históricos e ‘concept cars’, bem como outros 300 artigos expostos, desde máquinas de costura Opel até um motor de avião. 

Os pontos de informação amarelos iluminam-se nos veículos que pertencem à visita temática selecionada. Isto permite aos visitantes interessados ampliar o respetivo objeto da exposição, tal como uma bicicleta, motociclo, automóvel ou protótipo. 

Um clique no ponto de informação abre novas perspetivas: os perfis descrevem o seu significado histórico e explicam destaques técnicos.

“A Visita Virtual permitirá às pessoas viverem a rica história da Opel a partir do conforto das suas casas”, afirma o Vice-Presidente de Vendas, Pós-venda e Marketing da Opel, Stephen Norman. 

“É uma experiência não apenas para ‘petrolheads’ como eu, mas para todos aqueles interessados na história social de uma marca. As pessoas têm recordações vívidas do seu automóvel de família Opel, ao ir de férias, nas visitas à família. Somos, orgulhosamente, ‘menschlich’, ou seja, humanos, e a marca alemã de maior proximidade, sem rival na colocação do cliente em primeiro lugar. A inauguração desta Coleção Virtual de Automóveis é outra demonstração disso mesmo», concluiu Stephen Norman.

“Uma equipa formada por elementos do Marketing e da Comunicação teve a ideia de criar uma versão digital da Opel Classic durante a crise da Covid-19”, acrescenta o Vice-Presidente de Comunicação, Harald Hamprecht. “Queríamos permanecer visíveis e acessíveis para os nossos adeptos e clientes. A equipa fez tudo o que estava ao seu alcance e criou a Coleção Virtual de Automóveis em tempo recorde. Que todos os nossos visitantes virtuais desfrutem da coleção!”

A visita temática “Alternative Drive” explora protótipos invulgares, como o RAK 2 de 1928, com propulsão de foguetes alimentados a combustível sólido, ou os primeiros protótipos elétricos, como o Opel Impuls I de 1990 e os veículos de teste a hidrogénio, a maioria deles baseados no Zafira, do Opel HydroGen 1 ao 4.

Sob o lema “Rally Racing”, a Opel Classic também exibe virtualmente modelos de ralis emblemáticos. Os verdadeiros destaques são os automóveis que conquistaram vitórias, como o de Walter Röhrl, Campeão Europeu em 1974 num Opel Ascona, e Campeão do Mundo em 1982, num Opel Ascona 400, e de Jochi Kleint, Campeão Europeu em 1979, também num Opel Ascona.

Além disso, está em exposição o único Opel Kadett 4×4 pensado para o Campeonato do Mundo de Ralis e depois utilizado no Rali Paris-Dakar. A representar a atualidade está o Opel Adam R2, quatro vezes Campeão Europeu de Juniores, de 2015 a 2018, bem como o Opel Corsa-e Rally, o primeiro carro elétrico de ralis do mundo!

A terceira visita temática leva-nos depois aos “Roaring Twenties”, período de espírito inventivo sem limites que se desenvolveu com o objetivo de se estabelecerem recordes mundiais. A Opel criou motos de corrida, motos com propulsão a foguete e até aviões. Além disso, a produção em linhas de montagem assumiu-se como a nova e eficiente forma de construir veículos, o que fez com que os preços baixassem para os clientes e tornou automóveis como o Opel “Laubfrosch” acessíveis para muitos. 

A continuação da História da Opel pode ser encontrada na visita número quatro: “Mobility for Millions”. Depois do Opel “Doktorwagen” e do “Laubfrosch”, foram sobretudo os modelos compactos de Rüsselsheim que levaram a mobilidade a milhões de pessoas. O primeiro Kadett fez-se à estrada há 85 anos, seguido por outras dez gerações, suas e do Astra.