Home

Stellantis com chuva de novidades e a Alfa Romeo a ser 100% elétrica em 2027

A Stellantis continua a libertar detalhes sobre o futuro do grupo em termos de estratégia. A Alfa Romeo será 100% elétrica em 2027.

Os atuais Stelvio e Giulia vão ser descontinuados enquanto que em 2022 surgirá um modelo Híbrido que será, evidentemente, o Tonale, como esta assinalado.

A Dodge receberá o mesmo modelo que nos EUA se chamará Hornet e também terá um sistema híbrido Plug In. 

Quanto à Jeep, vai lançar o Grand Cherokee com motorização híbrida Plug In ainda este ano e o primeiro modelo 100% elétrico em 2023. Dizem que poderá ser um Wrangler ou o esperado SUV do segmento B.

Regressando à Europa, a Citroen vai receber três modelos 100% elétricos, um este ano e os outros dois em 20922 e 2023, mais um Plug In em 2022. Entre eles estará, acreditamos, o C5 X e o renovado C5 Aircross, além do remodelado C3 que receberá uma versão 100% elétrica como o Peugeot 208 e o Opel Corsa.

No caso da DS, chegará mais um híbrido que deverá estar no novo DS4. A partir de 2024, todos os novos DS serão elétricos.

A Opel deverá tornar-se marca exclusivamente elétrica em 2028. Este ano só surgirá um modelo 100% elétrico e dois híbridos Plug In em 2022, um deles o novo Astra. Mas a gama da Opel conhecerá desenvolvimento significativos a partir de 2024.

A Peugeot continua a ser uma das joias da Stellantis e por isso vai receber uma série de novos lançamentos com destaque para mais um modelo 100% elétrico e um híbrido Plug In ainda este ano, outro PHEV em 2022 e mais um par de e híbrido Plug In em 2023.

Já a Fiat terá apenas um modelo elétrico até 2024, o engraçado 500e. A caminho está o novo Punto e as remodelações do 500X e de outros modelos, mas sem eletrificação.

Na Maserati, recuperada a forma financeira, é hora de ofensiva de produto com a chegada do Grecale que oferecerá variantes eletrificadas e poderá surgir uma versão elétrica do MC20, cujo motor Nettuno poderá receber hibridização. Certo, também, versões híbridas ligeiras para os modelos com motor de combustão, um 100% elétrico em 2022 e outro em 2023.

Não há nada previsto para a Abartho nos próximos quatro anos em termos de eletrificação, pelo que a casa do escorpião vai continuar entretida com os produtos atuais.A Lancia continuará a sua recuperação, mas não haverá novidades antes de 2023 e por isso o Ypsilon continuará a ser o único produto da marca criada por Vincenzo Lancia. Porém, a partir de 2024, a Lancia será uma marca elétrica com o sucessor do Ypsilon a surgir nessa altura com uma gama mais completa. Em 2026 será lançado um crossover e em 2027 um cinco portas. Lembrar que a Lancia tem 10 anos tal como a Alfa Romeo