Home

Dacia Jogger: todos os detalhes sobre o novo modelo da Dacia

O Jogger é um carro que se pretende diferente e se não tem nada a ver com o protótipo arrojado que revelou na apresentação da nova imagem, é rebelde na conjugação de conceitos e na forma.

Se olhar para as fotos, particularmente a lateral, verá uma metamorfose muito interessante: começa com a frente do Sandero, evolui para um formato semelhante ao do Logan, avança para um corpo mais Duster e termina com a volumetria do Lodgy. 

É verdade, o Dacia Jogger é um crossover que mistura tudo isto num estilo rebelde que visto de ângulos diferentes pode seduzir mais ou menos. Agora, que não é indiferente… isso não é!

A plataforma é a CMF-B, tem assistência à travagem de emergência, alerta de ângulo morto, assistência ao estacionamento e ao arranque em subida.

O Jogger tem jantes de 16 polegadas, uma altura ao solo de 200 mm que lhe confere o aspecto de SUV, uma distância entre eixos de 2,9 metros e um formato da traseira que permite oferecer mais espaço para carga.

Com 4,55 metros de comprimento, está no “coração” do segmento C, sendo o Dacia mais comprido de sempre e com a melhor acessibilidade.

Destaque, ainda, para as luzes com assinatura em “Y” à frente e atrás, tecnologia LED e as barras do tejadilho modulares, Pensadas para todo o tipo de viagens, mesmo as mais inesperadas, as barras também funcionam como um suporte de tejadilho que pode transportar até 80 kg (bicicletas, skis, bagageira de tejadilho, etc). O engenhoso sistema patenteado incorpora o espírito Dacia: inteligente, prático, simples e económico já conhecido do Sandero Stepway. 

No interior, destaque para uma faixa de tecido que se prolonga por todo o tabliê. Acima dessa faixa estão os elementos de condução (painel de instrumentos e ecrã multimédia) e, abaixo, mas sempre à mão do utilizador, os restantes comandos (ar condicionado e botões de sistemas auxiliares de condução). Este tecido também sobressai nos apoios de braços das portas dianteiras e no apoio de braço central. 

Algumas versões também incluem bandejas dobráveis e porta-copos para passageiros na segunda fila de bancos. As bandejas estendem-se por 70 mm, para se adaptarem à morfologia e necessidades de todos. A segunda fila de bancos possui, igualmente, dois suportes laterais ISOFIX, para segurança das crianças.

Quanto aos dois passageiros na terceira fila, beneficiam, cada um, de um assento individual, apoio de braço e de um quarto de janela basculante para maior visibilidade. 

Cada fila de banco tem a sua própria luz de teto, num total de três iluminações na versão de 7 lugares. A altura do assento (375 mm na segunda fila e 236 mm na terceira fila) oferece, ainda, maior conforto na segunda e terceira fila dos bancos traseiros. 

O Dacia JOGGER tem 24 litros de volume de armazenamento divididos por diversos compartimentos espalhados ao longo do habitáculo. Entre os principais, destaque para um porta-luvas de 7L, para os espaços de armazenamento nas portas dianteiras e traseiras capazes de acomodarem uma garrafa de 1L, bem como uma consola central fechada de 1,3 litros, a que se juntam ainda seis porta-copos. 

Os bancos foram desenhados para fornecerem o suporte adequado, tanto para o condutor como para os passageiros. Para obter a posição de condução ideal, o condutor pode ajustar a altura do assento (+/- 35mm), a altura do volante (+/-2,1°) e a profundidade (+/- 25mm) e adicionar um apoio de braço central, com espaço para armazenamento como opcional.

O espaço traseiro comporta um banco de 3 lugares rebatível 2/3-1/3 (2ª fila) e dois bancos individuais rebatíveis 50/50 (na 3ª fila), que podem ser removidos se necessário. 

Os bancos da 2ª fila foram concebidos a pensar no conforto, uma vez que têm a mesma altura do banco da frente (758 mm) e espaço para os pés e joelhos. O acesso aos bancos da 3ª fila é prático, graças ao mecanismo de rebatimento do banco da 2ª fila. A altura de 855 mm e o espaço para os joelhos (127 mm) na 3ª fila estão entre os melhores registados nos veículos de passageiros de 7 lugares, reclama a Dacia, permitindo acomodar, confortavelmente, dois adultos.

O Dacia Jogger oferece uma capacidade de carga de até 1.819 litros, na versão de 5 lugares, com a 2ª fila de bancos rebatida. Na versão de 7 lugares, a capacidade passa para 1.807 litros, com a 2ª fila de banco rebatida e a 3ª fila retirada. Os bancos da 3ª fila também podem ser dobrados contra as costas dos bancos corridos da 2ª fila, que também podem ser rebatidos ou recolhidos. Nesta posição, o volume da mala é de 1.594 litros. 

Na versão de 5 lugares, o volume da bagageira é de 710 litros (até à parte superior do encosto de cabeça) e, na versão de 7 lugares, de 160 litros. Graças à altura da bagageira (661 mm) e ao longo piso (1.150 mm), pode facilmente colocar um carrinho de bebé e uma bicicleta infantil, sem ter que os desmontar, rebatendo um dos assentos da 3ª fila. 

Os amantes de desporto podem transportar o seu saco de golfe simplesmente removendo a 3ª fila de bancos. Para facilitar a arrumação e aumentar a segurança, a mala dispõe de cordas elásticas e quatro anéis de amarração. Também incluiu uma tomada de 12V. Está equipado com três ganchos: dois na mala e um à frente do lugar do passageiro (ideal para segurar um saco de mão).  

O Dacia Jogger incorpora três opções de sistemas multimédia dependendo da versão: o inteligente Media Control, que pode ser operado com ou sem um smartphone; o Media Display com ecrã de 8 polegadas sensível ao toque e o Media Nav com navegação em smartphone e replicação de wi-fi.

O Media Control é um sistema multimédia. Inclui dois altifalantes, uma base de ligação para smartphone diretamente integrada no painel de bordo, conexões Bluetooth e USB, comandos no volante e informações de rádio no ecrã digital TFT de 3,5 polegadas do computador de bordo.

O sistema oferece mais possibilidades quando emparelhado com um smartphone e o aplicativo gratuito Dacia Media Control. A app utiliza aplicativos de GPS do telefone para oferecer navegação e dá acesso muito mais fácil ao rádio, música, chamadas, mensagens e inúmeros outros recursos, como assistência ativada por voz (Siri ou Android). Os comandos estão acessíveis, não só no volante, como num satélite, por detrás dele.

O Media Display inclui quatro altifalantes, uma porta USB e um ecrã de 8 polegadas sensível ao toque, no topo do painel de instrumentos, com design ergonómico de ligeira inclinação para o condutor, para melhor visibilidade. A intuitiva interface, de fácil utilização, dispõe de conectividade Bluetooth e é compatível com os sistemas para smartphones Android Auto e Apple CarPlay. Um novo item “Carro” dá acesso a algumas configurações de ajudas à condução. 

Por último, o Media Nav disponibiliza ao Dacia Jogger sistema de navegação embutido e conectividade sem fios Wi-Fi para Apple CarPlay e Android Auto. O sistema de áudio possui seis altifalantes e duas portas USB.

Quanto às motorizações, serão duas: o 1.0 litros com três cilindros, sobrealimentação, injeção direta e 110 CV com 200 Nm de binário e a versão Eco-G 100 com alimentação a GPL. O consumo combinado em ciclo WLTP do motor ECO-G 100 inicia-se nos 7.6 L/100km (para 121 CO2/km). No funcionamento a GPL, as emissões médias são 10% inferiores às de um motor a gasolina equivalente. Além disso, oferece uma autonomia máxima de mil quilómetros, graças aos dois depósitos: um de 40 litros de GPL e outro de 50 litros para a gasolina. 

Como referimos, o Dacia Jogger recebrá em 2023 uma versão híbrida com o bloco 1,6 litros com caixa multimodo sem embraiagem. Reconhecem a descrição? Sim é o sistema E-Tech da Renault.

Com uma forte travagem regenerativa e uma bateria de 1.2 kWh, o Jogger andará 80% do tempo de circulação em modo elétrico dentro das cidades, economizando até 40% de combustível face a um motor a gasolina equivalente. O carro arranca sempre em modo 100% elétrico.

Categories: Home, Notícias

Tagged as: , , ,