Desporto

Aqui está a oportunidade de ter no escritório o Audi R15 que competiu em Le Mans em 2009

A Audi dominou as 24 Horas de Le Mans com carros a gasóleo e o R15 que competiu em 2009 surgiu no mercado de usados.

O bloco V10 turbodiesel era um instrumento fundamental para o sucesso dos diversos Audi de Le Mans. Venceu em 2006, 2007 e 2008.

Em 2009, a inscrição da Peugeot nas 24 Horas de Le Mans forçou a Audi a elevar a fasquia, surgindo o R15, equipado com o V10 TDI com 5.5 litros, mais de 590 CV e mais de 1000 Nm de binário. 

O carro que surgiu à venda é o chassis T101, o primeiro dos 15 a ser produzido. Foi testado em dezembro de 2008 antes de ser colocado em competição nas 12 Horas de Sebring, dia 21 de março de 2009. Foi terceiro classificado.

Este chassis T101 competiu em Le Mans com Alexandre Premat, Timo Bernhard e Romain Dumas. Terminaram em 17º lugar. A Audi perdeu a corrida nesse ano de 2009 e por isso encarou a afronta com uma revisão do conceito do R15 Plus. 

Este chassis foi alterado para a configuração de 2010.

Ficou em segundo nos 1000 km de Zhuai com Allan McNish e Tom Kristensen. A última prova deste chassis foi as 12 Horas de Sebring.

O modelo em causa é o único que existe em mãos privadas e está a ser vendido pela Canepa (clique aqui para aceder ao site), não sendo revelado o preço, embora nção devemos andar longe dos milhões de euros.