Carlos Tavares, CEO da Stellantis, está no Monte Carlo Histórico com um Lancia Stratos

Carlos Tavares, CEO da Stellantis, está no Monte Carlo Histórico com um Lancia Stratos

27/01/2022 0 Por Autoblogue
0 0
Read Time:2 Minute, 36 Second

Apaixonado pelo desporto automóvel, Carlos Tavares é presença assídua em algumas provas históricas com carros muito interessantes. Desta feita está no Rali de Monte Carlo Histórico e ao volante de um Stratos.

Arranca hoje para a estrada o 24º Rali de Monte-Carlo Histórico, um dos maiores eventos de automóveis clássicos do mundo. Das 263 tripulações inscritas, destaca-se Carlos Tavares, CEO do Grupo Stellantis, que participará na prova ao volante de um Lancia Stratos HF de 1975.

Nesta sua 24ª edição, o Rali de Monte-Carlo Histórico corre-se no seu formato tradicional, com a partida a fazer-se de três locais diferentes: Bad Homburg (Alemanha), Reims (França) – de onde Carlos Tavares sairá num Stratos – e Milão (Itália). As diferentes equipas irão partir em simultâneo rumo a Monte-Carlo, onde terá início uma competição tão lendária como exigente, com um total de 17 provas de regularidade, integradas num percurso de quase 300 quilómetros, e que terminará, como sempre, no Principado, na quarta-feira, dia 2 de fevereiro.

O Stratos HF é um verdadeiro marco na história da marca e foi um modelo fortemente desejado para substituir o Lancia Fulvia HF nas competições mundiais. Produzido em apenas 500 unidades pelo construtor de Turim, Nuccio Bertone, o Stratos é um elegante coupé equipado com um motor de 6 cilindros em V Dino 246 Ferrari montado na traseira, com uma potência máxima de 320 cv, na versão de 24 válvulas. 

Estreou-se oficialmente em 1974 e foi o primeiro modelo do mundo a ser projetado especificamente para os ralis, tendo como única missão ser imbatível em qualquer terreno: nas pistas, em estrada ou num percurso de terra batida.

A partir da época de ralis de 1975, os Stratos passaram a exibir as cores verde e branco da Alitalia na sua decoração. Os elementos gráficos que celebravam esse patrocinador mudaram, tornando-se num ícone dois anos depois, quando o logótipo tricolor da companhia aérea italiana foi dividido e harmonizado com a forma em cunha do Stratos. Até hoje, a decoração Alitalia dos Stratos é considerada uma das mais belas de toda a história do desporto automóvel.

Os Stratos dominaram o panorama dos ralis internacionais, deixando apenas ‘migalhas’ para os seus adversários. Venceu três edições consecutivas do Rali de Monte-Carlo, três Campeonatos do Mundo de Construtores (1974, 1975 e 1976) e dois Campeonatos da Europa de Pilotos, para além da vitória de Sandro Munari na Taça FIA de 1977 para Pilotos de Ralis.

A participação do Lancia Stratos no Rali de Monte-Carlo Histórico presta, assim, homenagem aos mais de 115 anos de história de uma marca com mais vitórias em ralis do que qualquer outra. À data, a Lancia soma nada menos do que 15 títulos mundiais de pilotos e construtores, para além da conquista histórica de três Campeonatos do Mundo de Construtores e de Resistência, uma 1000 Miglia, duas vitórias no Targa Florio e uma na Carrera Panamericana. Uma extraordinária vitrina de troféus que confirma a tradição desportiva de uma marca que remonta ao seu fundador Vincenzo Lancia, um piloto apaixonado que ganhou várias competições na temporada de 1908-09.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %